Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
VÍDEOS  (05-10-2017)
LÍNGUA E LINGUAGEM  (10-09-2017)
CONTATOS  (28-06-2017)
ADJETIVO  (28-06-2017)
Vote
Qual o conteúdo de seu interesse?
Notícias
Jogos
Mensagens
Ver Resultados

Rating: 2.4/5 (935 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...








TONICIDADE ESDRÚXULA
TONICIDADE ESDRÚXULA

Tonicidade esdrúxula é um tema pouco estudado e divulgado pelas gramáticas, atentemos para a diferença entre palavras graves e esdrúxulas.

Palavras como história, área ou vário, que têm encontros vocálicos átonos em posição final, têm um acento gráfico que as torna aparentemente esdrúxulas (ou proparoxítonas), mas a verdade é que são graves (ou paroxítonas), e daí chamar-se-lhes “falsas esdrúxulas”.

Na resposta a que alude a Abertura, pode ler-se: Re/mé/di/o é, de facto, uma palavra esdrúxula (ou proparoxítona), pois a sílaba tônica recai na antepenúltima sílaba: re/mé/di/o (cf. Dicionário da Divisão Silábica, Aurélio). Vejamos então, a palavra his/tó/ri/a a qual pode ser designada das três formas: grave, esdrúxula e esdrúxula aparente. Embora se trate de um caso especial, parece-me razoável e muito mais simples chamar-lhe apenas esdrúxula. Sempre foi essa a perspetiva que adotei nas minhas aulas. A perspetiva que adotou nas suas aulas é legítima, pois justifica-se por razões pedagógicas e didáticas.

No entanto, convém lembrar que já no Acordo Ortográfico de 1945 (AO 45) não ficava absolutamente claro o estatuto dos encontros vocálicos pós-tônicos.

Com efeito, na Base do Inciso XIX do AO 45, em referência ao uso de acento circunflexo nas proparoxítonas, incluem-se como exemplos palavras que apresentam encontros vocálicos pós-tônicos, deixando inferir que estes são tratados como hiatos e as palavras onde figuram são proparoxítonas ou esdrúxulas:

As vogais tônicas a, e/o de vocábulos proparoxítonos levam acento circunflexo, quando são seguidas de sílaba iniciada por consoante nasal e soam invariavelmente fechadas nas pronúncias normais de Portugal e do Brasil: câ/ma/ra, pâ/ni/co, pi/râ/mi/de; fê/me/a, sê/me/a, sê/mo/la; cô/mo/ro. Mas levam, diversamente, acento agudo, que nesse caso serve apenas para indicar a tonicidade, sempre que, encontrando-se na mesma posição, não soam, todavia, com timbre invariável: En/dê/mi/co, gê/ne/ro, pro/ê/mi/o; fe/nô/me/no, ma/ce/dô/ni/o, tri/nô/mi/o.

No entanto, verifica-se que na Base XIII se diz que tais encontros vocálicos podem ser ditongos:

3.° Além dos ditongos orais propriamente ditos, os quais são todos decrescentes, admite-se, como é sabido, a existência de ditongos crescentes. Podem considerar-se no número deles os encontros vocálicos postônicos, tais os que se representam graficamente por ea, eo, ia, ie, io, oa, ua, ue, uo: áu/re/a, áu/re/o, co/lô/ni/a, es/pé/ci/e, e/xí/mi/o, má/go/a, mín/gu/a, tê/nu/e, trí/du/o.

Sendo assim, o AO 45 também admite que co/lô/ni/a ou es/pé/ci/e são palavras graves, e não esdrúxulas. Daí a denominação falsas esdrúxulas.

Note ainda que, na perspetiva de considerar como ditongos os referidos encontros vocálicos, a grafia não dispensaria o acento gráfico, uma vez que este é necessário nas palavras graves que terminam em ditongo decrescente oral ou nasal: hó/quei, ór/gão.

Celso Cunha e Lindley Cintra, na Nova Gramática do Português Contemporâneo (1984, pp. 50 e 68/69), referem-se a estas palavras como casos em que tais sequências vocálicas pós-tônicas podem ser interpretadas ora como hiatos ora como ditongos crescentes. De qualquer modo, de maneira a não desconsertar os nossos consulentes, modalizamos um pouco a afirmação feita acerca das falsas esdrúxulas.

As palavras agudas, graves e esdrúxulas.

“As palavras podem ser compostas por uma ou mais sílabas.” Definição de sílaba:
Sílaba um conjunto de letras que se pronunciam de uma só vez. Uma palavra pode ter uma, duas ou mais sílabas. As palavras podem ser classificadas de acordo com o número de sílabas que possuem: monossílabo – quando só têm 1 sílaba, como em “sol”;“três”; “pai”; “com”. Dissílabo – quando têm 2 sílabas, como em “chuva”; “casa”; “noite”; “sempre”. Polissílabo – quando têm 3 ou mais sílabas, como em “pequeninos”;“direito”; “gramática”; “automóvel”. Definição de sílaba tônica: Em todas as palavras há uma sílaba que se pronuncia com mais força ou intensidade, chama-se sílaba tônica. Ás sílabas que se pronunciam com menos força chamamos sílabas átonas. A sílaba tônica de uma palavra pode ser a última, a penúltima ou antepenúltima. Conforme a posição da sílaba tônica, as palavras podem ser classificadas em: agudas – quando a sílaba tônica é a última, como em “carrossel”; “estudar”; “mãe”, “herói”; “cor”; “boné”.

Graves – quando a sílaba tônica é a penúltima, como em “gato”; “escola”; “foca”; “olho”; “lua”; esdrúxulas – quando a sílaba tônica é antepenúltima, como em “árvore”; “secretária”.Resumindo: “As palavras acentuadas na última sílaba são agudas, na penúltima são graves e na antepenúltima são esdrúxulas.”

topo